sexta-feira, 20 de setembro de 2013

RECADINHO DO PAPA FRANCISCO AOS PASTORES

Lutero costumava dizer: "a verdade é verdade até na boca do diabo". Você, pastor, que acha que o Papa Francisco não tem nada a lhe ensinar, ouça com atenção as palavras que ecoam no coração dos "fiéis", independentemente de sua orientação religiosa. 

Não seja reticente só porque é um Papa que está lhe dando uma lição. Afinal, não foi usando como exemplo satanás que Jesus nos ensinou uma importante lição sobre união?

“Então, convocando-os Jesus, lhes disse, por meio de parábolas: Como pode Satanás expelir a Satanás? Se um reino estiver dividido contra si mesmo, tal reino não pode subsistir; se uma casa estiver dividida contra si mesma, tal casa não poderá subsistir. Se, pois, Satanás se levantou contra si mesmo e está dividido, não pode subsistir, mas perece” (Marcos 3:23-26).
 
Apenas ouça e reflita. Não deixe sua mente cartesiana dizer-lhe que não és "sacerdote" ou mesmo que desvie sua atenção para o argumento do "sacerdócio universal dos crentes" (os pastores sabem o motivo dessa recomendação). Então, quando ele diz "sacerdote", entenda como líder religioso - pastor, padre e os demais. 

Também não desvie sua atenção para as "figurinhas carimbadas" dos "tele-pastores", a exemplo de Valdemiro Santiago, Edir Macedo, R.R Soarres, Terra Nova, Estevam e Sônia Hernandes e tantos outros. Sobre esses, como já sabemos, não é preciso dizer mais nada, muito embora o recado vá pra eles também.

O recadinho de Francisco vai principalmente para muitos pastores de muitas igrejas sérias, de diferentes denominações. Aqueles e aquelas que estão acima de qualquer suspeita. 

Sabe aqueles que vivem viajando para o exterior? Aqueles que vivem postando fotos de seus possantes no facebook? Aqueles que só usam roupas de marca? Relógios caríssimos? Aqueles que moram muitíssimo bem, obrigado? Aqueles que desfrutam regaladamente de grandes eventos promovidos com o dinheiro de dízimos e ofertas dos membros das igrejas? Aqueles que se hospedam em hotéis caros quando são convidados para pregar? Aqueles que acordam de 11:00hs do dia e ainda comem do bom e do melhor? Pois é, é pra eles também. Será que seus ouvidos permitirão ouvir essa "pregação profética", no melhor sentido da palavra ou já estão tão obtusos que só conseguem ouvir o ronco de suas próprias barrigas?

Não se preocupe, o vídeo é curtíssimo. Sabemos que os senhores não têm muito tempo a perder com isso.


Ah!, antes que os senhores me acusem: isso aqui não se trata de apologia à pobreza. Não se trata de uma postura Franciscana. Os senhores sabem do que estamos tratando aqui.

Fica a dica!

4 comentários:

  1. Muito bom, ele fala de uma realidade há muito esquecida, muitos estão usando o dinheiro da igreja para benefício próprios quando tem em sua comunidade pessoas passando por necessidades que precisam esperar a reunião do conselho para se tomar uma decisão! Alguns não repassam seus dízimos para o presbitério por entender que o presbitério não é uma igreja, mais esquecem que possuem colegas que recebem bem menos que eles do presbitério, afinal, dor só sabe quem sente!

    ResponderExcluir
  2. É belo o seu pensamento, Fabio., de que todos os cristãos independente da Igreja devem ouvir palavras sensatas, seja de que líder for. Isso( apesar de saber que estou me enganando) tem uma raiz nobre: o desejo de unidade. Entretanto, tal ideia não corresponde ao real. No post que fiz no face “Placa de igreja não traz salvação – será?”, mostrei porque é impossível que os cristãos católicos com os hereges protestantes possam entrar em um consenso sobre alguma verdade, por causa das grandes divergências doutrinárias entre as diversas comunidades. Cada igreja protestante prega um Zizuiz diferente das outras!!!

    Fabio., você argumentou que citar determinados pastores shows de certas igrejas evangélicas não vale......rs tudo bem, falo sobre isso num outro comentário.

    Vocês protestantes estão certos, Fabio., quando dizem que só em Jesus há absoluta certeza da salvação. E essa salvação Ele quis nos dar por meio da Sua Igreja. Afinal, como saberíamos quem é Jesus e o que ensinou, se não fosse por meio da Igreja por Ele fundada?

    Um dia antes de enviar essa mensagem pelo dia de São Caetano, o Papa publicou uma mensagem para o Dia Mundial das Missões (que será em outubro). No documento, ele convoca a Igreja a evangelizar nas PERIFERIAS. Ele deixa bem claro que a evangelização é um DEVER de todo cristão, e que o dom da fé não deve ser guardado, mas sim compartilhado com todos:

    “[A fé] Trata-se de um dom que não está reservado a poucos, mas é oferecido a todos com generosidade: todos deveriam poder experimentar a alegria de se sentirem amados por Deus, a alegria da salvação. E é um dom que não se pode conservar exclusivamente para si mesmo, mas deve ser partilhado; se o quisermos conservar apenas para nós mesmos, tornamo-nos cristãos isolados, estéreis e combalidos. O anúncio do Evangelho é um dever que brota do próprio ser discípulo de Cristo e um compromisso constante que anima toda a vida da Igreja.”

    - Fonte: Site do Vaticano

    Nesse documento, o Papa Francisco dá um toco naqueles que pensam “que levar a verdade do Evangelho é fazer violência à liberdade”. Como resposta, ele recorda as palavras do Papa Paulo VI: “Seria certamente um erro impor qualquer coisa à consciência dos nossos irmãos. Mas propor a essa consciência a verdade evangélica e a salvação em Jesus Cristo (…) é uma homenagem a essa liberdade”. Falou bonito não!?

    O Papa também fez questão de ressaltar “um princípio fundamental para todo o evangelizador: não se pode anunciar Cristo sem a Igreja católica. Evangelizar nunca é um ato isolado, individual, privado, mas sempre eclesial”. Ou seja: temos o dever de anunciar a Salvação de Cristo, e também que essa graça nos é concedida por meio da Sua Igreja, Santa e Católica.

    Sei que muita gente vai fazer beicinho ao ler esse post. Certas pessoas, pegando carona no delírio da mídia, tentam a todo o custo se iludir com a ideia de que o Papa vai revogar os dogmas. Entendam, amigos: FRANCISCO É CATÓLICO e concorda com a doutrina da Igreja! Como ele bem disse no avião que o levou do Rio de Janeiro a Roma, ele é “filho da Igreja” e sua posição é a mesma da Igreja. Certamente, fará reformas, mas na ação pastoral, e não nos artigos de fé.

    Quem elegeu Francisco como Papa foi o Espírito Santo, que resguarda a Palavra eterna de Deus, não o capeta relativista protestante. Quando a mídia e os protestantes descobrirem isso, tenho sérias dúvidas de que continuará falando do Papitcho com a mesma simpatia…

    ResponderExcluir
  3. Prezado Rev.Luiz Carlos:

    Obrigado pela contribuição. O senhor está certo. Lamentavelmente muitos pastores têm focado nas coisas materiais e entram numa "trabalhista" que só tem direitos, deveres quase nenhum. Com isso acabam deixando suas igrejas sem o devido pastoreio.


    Petros:

    Quem foi que te disse que queremos corja com sua igreja desviada? Nem mesmo você quer...rs. Ou você esquece que faz parte de um grupo à parte da ICAR?..rs.

    ResponderExcluir
  4. Ora, vejo aqui um grande amor liberado por você pelos católicos...
    Ah, não... devo ter visto em outro post.

    Você diz Fabio que a ICAR é desviada, mas se você a conhecesse,(como também não o conhece o testemunho histórico e social) saberia que a santa igreja romana é muito apostólica e reta , e só por desconhecer isso vc em seu erro subjetivista a chama de herética.

    Creio que você, só deve conhecer a história da Igreja pelos professores do ensino médio.
    Sendo assim, não me espanta ouvir chamá-la de "desviada".
    Não preciso nem comentar as heresia vinculadas á sua igrejola, basta esses para saber que vocês não conhecem a história da santa igreja romana.

    Não se deve fugir do sacríficio da morte de Cruz de Cristo e pular para a Glória da Ressurreição. É isso que vocês pregam em cada encontro. Mas esquecem que enquanto vocês estão alegres, se divertindo no seus cultos heréticos, Cristo está morto de novo por vocês.
    E o que me deixa intrigado é ver que em vez de adorando o Senhor e meditando sobre Sua Morte dolorosa e Seu imenso Amor para nos salvar, vcs estão cantando ou dançando e pregando outras coisas que fazem as pessoas esquecerem disso.

    .

    "Deus de Amor que nos amais sem limites, digno de um Amor sem fim, dizei-me: Que mais poderíeis inventar para vos fazerdes amados por nós? Não Vos bastou fazer-Vos homem e sujeitar-Vos a todas as nossas misérias? Não Vos bastou dar por nós todo o sangue à força de tormentos? Depois de morrer consumido de dores sobre um madeiro destinado aos maiores criminosos, vos colocaste sob as aparências do pão, para Vos fazerdes nosso alimento e assim, unir-Vos todo a cada um de nós. Dizei-me: Que mais podeis inventar para Vos fazer amar?
    Ah! Pobres de nós, se nesta vida não Vos amamos!"

    "Quem não se enamora de Deus, vendo Cristo morto na cruz, não se abrasará jamais".

    (Santo Afonso Maria de Ligório - Prática do amor a Jesus Cristo).

    ResponderExcluir

Divulgue meu Blog no seu Blog