terça-feira, 9 de agosto de 2011

ATEU DESAFIA TEOLOGIA

"Costumo definir o Ateísmo como sendo “a crença na crença de que Deus não existe”. Sempre achei o Ateísmo curiosíssimo. Gostaria de entender a motivação do Ateu em auto-intitular-se Ateu. Interessante o orgulho que sente de si mesmo ao defender o Ateísmo. Olha até com desdém e pena para aqueles que dizem acreditar em Deus, como se pertencesse a uma classe de superiores. Realmente queria entender o que o leva a posicionar-se e até produzir teorias acerca de um Ser que ele nem acredita existir. Os Ateus devem ser pessoas completamente desocupadas. É essa a impressão que tenho, pois, se para falar de um Ser que “existe”, de fato, já dá muito trabalho, imagine então falar de um Ser que nem mesmo existe! Aliás, a priori, nem poderíamos usar a designação “Ser”, pois ela pressupõe existência. O ideal seria falar de “Não-Ser”. Mas, como falar de “algo” que não é? Eles conseguem e nem percebem essa incoerência. Sinceramente, se eu fosse Ateu, a primeira coisa que iria fazer era não querer ser chamado de Ateu. Claro! O próprio termo “Ateu” já faz um link, necessariamente, a alguma espécie de transcendência, de divindade, ainda que seja para negá-la. Se eu fosse Ateu não escreveria nenhuma linha sobre a não existência de Deus; nem mesmo para ridicularizá-lo. O Ateu deveria ignorar completamente esse assunto de Deus. O problema é que ele simplesmente não consegue não acreditar em Deus e não falar sobre isso" (texto publicado originalmente em http://filosofiacalvinista.blogspot.com/2010/09/sou-ateu-gracas-deus.html).

Dito isso, vamos ao nosso post. O vídeo abaixo mostra um "ateu convicto" desdenhando da palavra de Deus e "provando" uma série de "erros absurdos" que, segundo ele, desqualifica a Bíblia, a fé e o próprio Deus.

Evidentemente que não é comum um vídeo dessa natureza aparecer em sites e blogs cristãos. Segundo alguns, publicar esse tipo de material só serviria para difundir o ateísmo e trazer descrédito e dúvidas sobre as Escrituras Sagradas, além de incentivar a  blasfêmia contra Deus.

O que fazer então? Negar que o vídeo existe ou enfrentá-lo? Davi poderia muito bem ter ignorado a poderosa afronta que Golias empreendera contra Deus e contra seu povo. Foi isso que ele fez? Absolutamente, não. Antes, bradou em grande voz: "Quem é, pois, esse incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo?” (1 Samuel 17:26). 

Sou de opinião que a verdade jamais deixará de ser verdade. E que, por isso mesmo, podem submetê-la a qualquer espécie de "falseamento" ou bombardeio crítico; ela permanecerá intocada. Caso contrário, ficará evidente que nunca foi verdade.

Quero convidá-los a refutar ponto a ponto, versículo a versículo,  aparente contradição a aparente contradição, apresentada no vídeo por alguém que tem orgulho em dizer que é ateu.   Relevem a linguagem (carregada de palavras torpes). Afinal, o que mais poderíamos esperar de um ser que adere à essa mais pura forma de contradição, o ateísmo?


22 comentários:

  1. Graça e paz Fábio.
    Ateu que perde tempo falando de Deus, para mim é crente frustrado que não se sente amado por Ele.
    Fique na Paz!
    Pr. Silas Figueira

    ResponderExcluir
  2. Paz e Graça Fábio!!!!
    Este vídeo retrata explicitamente o homem em sua depravação total. Cego , surdo e mudo , este cadáver ambulante só exala o odor de sua putrefação.

    Que exegese oriunda do inferno foi essa!!,qual será a fonte de pesquisas que este infeliz utilizou para chegar a esta tão contro-versa e fora de foco afirmação?. A Escritura é isenta de erro, mas ,dependendo dos olhos que a lêem, surgem as interpretações mais anti-bíblicas que se possa imaginar.

    "Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus." Mateus 22.29

    ResponderExcluir
  3. Prezados Clóvis e Pr.Silas:

    Entendo a indignação de vocês, contudo, o ateu em questão saiu levando vantagens. Afinal, ele citou textos, comparou com outros textos e demonstrou (pelo menos aparentemente) que os textos citados são realmente contraditórios.

    Vamos assumir que são mesmo ou vamos desmenti-lo? Podemos assumir essas contradições sem que isso interfira no ensinamento da inspiração divina das Escrituras? A questão é essa.

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  4. Daqui a uns dias é dia dos pais se quem sabe me lembre de um ex marido e dê a ele um presente. Eu esqueci dele?
    Deuteronomio significa "segunda lei" Deus está dando outra lei, e Ateu significa sou servo do diabo e quero usar o ateísmo para me safar diante de Deus. Digo: Não sabia que vc existia.
    Mas como Deus é justo ele não permite por isto eles falam mais em Deus do que nós, porque para nós basta crer e "Amar a Deus sobre todas as coisas e o próximo como a si mesmo" Neste dois versículos se cumpre toda a lei.

    Vc é professor universitario mesmo?

    Abraço

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Ah sim, comecei a assistir este vídeo ano passado mas achei o moço tão triste que não consegui assistir até o final e agora novamente.

    Vamos fazer uma corrente de oração por ele para que Jesus o salve.

    Jesus o ama, foi por nós...que Jesus morreu na cruz. (Deus ama o pecador e aborrece o pecado)

    Abraço

    ResponderExcluir
  7. Prezado Aclim:

    Concordo que esse camarada está completamente perdido, carecendo da graça de Deus e de nossas orações. Mas não só isso. Ele tem dúvidas e as apresenta. Precisa de respostas apologéticas. Peço que, se possível, comente os textos indicados por ele. Ou Estaria ele certo?

    ResponderExcluir
  8. Paz e Graça Fábio, (1º parte)

    O que o cidadão do vídeo precisa aprender é o seguinte;

    Existem leis que não podem ser quebradas na hermenêutica , ex;

    Lei do Contexto

    A parte que vem antes ou depois do texto. Diz-se que não se deve interpretar um texto sem o auxílio do contexto, para não se fazer um pretexto: At 8:30-31; Is 53:7.

    Lei do Texto Paralelo

    Um texto deve ser auxiliado na sua interpretação utilizando o mesmo assunto que ocorre em outras partes das Escrituras Sagradas: Jo 19:18; Mc 15:27; Mt 27:38; Lc 23:39-43.

    Fora estes, ainda existem ; Lei da Autoria do Texto , Lei da Aplicação do Texto,Lei da Implicação do Texto.

    Ex 20.5-6 "castigar os filhos pelos pecados dos pais"
    = O que aprendemos a partir deste texto é que a consequência do pecado é transmitida de geração a geração.Todos os homens nascem em pecado (Salmo 58.3 Efésios 2.3 Salmo 51.5). Porém, a misericórdia do Senhor (Êxodo 20.6), é sobre aqueles que o amam e guardam os seus mandamentos, àqueles que são agraciados por seu favor Divino (Efésios 2.1 João 1.13 Tiago 1.18 ). Quando Deus por meio de sua palavra, diz que VISITA (enxerga) o pecado dos pais nos filhos (Êxodo 20.5), Ele esta relatando o estado de morte espiritual daqueles que não o servem, os quais diante dEle estão mortos. Pesando sobre estes a condenação (castigo) pelo pecado.

    Continuando, a partir da sequência paralela deste tema, "Deuteronômio 24.16" ;

    "Os pais não morrerão pelos filhos, nem os filhos pelos pais; cada um morrerá pelo seu pecado."

    Não há nenhuma contradição neste texto, apenas evidência o que já foi dito acima; A herança do pecado esta entranhado no ser humano, mesmo quando este é um simples embrião;

    "Eis que em iniqüidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe." (Salmos 51 : 5)

    Cada um é responsável por si mesmo. Acaso não é isto que diz em Ezequiel 18.20-21;

    "A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a iniqüidade do pai, nem o pai levará a iniqüidade do filho. A justiça do justo ficará sobre ele e a impiedade do ímpio cairá sobre ele.Mas se o ímpio se converter de todos os pecados que cometeu, e guardar todos os meus estatutos, e proceder com retidão e justiça, certamente viverá; não morrerá."

    Portanto, não vejo nenhuma contradição na bíblia. Apenas vejo que esse cidadão por ter seus olhos enegrecido pelas trevas, é incapaz de ver a luz .

    ResponderExcluir
  9. (2º parte)

    " Deus matou o filho do Faraó "

    Sim. Deus por ser o Justo Juiz, e Salvador do seu povo, e por Ter compromisso com Suas promessas, exerceu juízo sobre o Faraó. Porém ao contrário do que este ateu do vídeo imagina, isto já estava relatado na própria Escritura, muito antes disso acontecer;


    "Então disse a Abrão: Sabes, de certo, que peregrina será a tua descendência em terra alheia, e será reduzida à escravidão, e será afligida por quatrocentos anos,Mas também eu julgarei a nação, à qual ela tem de servir, e depois sairá com grande riqueza." (Gênesis 15.13-14)

    Deus havia relatado o que iria acontecer cerca de 500 anos antes. Será que há evidência de alguma contradição bíblica??, claro não!. Mas se o que incomoda este ateu for o fato de Deus, ter poder para Julgar os ímpios, pode ser porque ele saiba que (ainda que não admita) um dia ,também se encontrará com seu amigo Faraó.

    ResponderExcluir
  10. (3º parte)

    " Quando foi criada a luz ?"
    Gênesis 1.3-5 Gênesis 1.16-19

    O equivoco deste ateu, também é evidenciado pelo fato dele desconhecer o Deus que servimos, pois é notório aos servos do Senhor, que Deus é luz (1João 1.5),e por Ele ser luz, Deus é o sol??, claro que não. Portanto,a luz de Gn 1.3-4 pode não ser uma referência a criação do sol, mas sim ao resplendor de sua gloria ,a qual é imperceptível ao homem;

    "Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém. (1Timoteo 6.16)

    Há alguma contradição na bíblia, NÃO!!!!

    ResponderExcluir
  11. Eu não tenho vc como seguidor e só visito seguidor. Mas hj resolvi passar aqui e não volto.

    Mas é assim mesmo, a Bíblia esta correta. Eu nem contexto sobre isso porque até um analfabeto que crê sabe. Não porque entende de apologética, mas porque crê. E quem crê e for batizado será salvo.

    Conheço muitos ateus por aqui, amigos do dia a dia e parentes, me pergunte como vivem?

    Mas não se engane alguns deles se arrependerão e se converterão e aceitarão ao Senhor Jesus e serão salvos e muitos sábios na palavra padecerão no inferno.

    Fazer o que? Quem está em pé cuide para que não caia.

    Abraço

    ResponderExcluir
  12. Prezado tempo e igreja (Clovis):

    A ideia é essa mesmo de refutação. Obrigado. Depois pretendo colocar essas refutações na própria postagem.

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  13. Graça e paz a todos!

    Bom, pra falar a verdade temos que concordar com nosso "amigo boca suja" em pelo menos uma coisa: há muitos evangélicos fazendo um grande vexame quando pregam a esses tipos de pessoa.

    Muitos conhecem a Palavra de Deus de uma maneira extremamente superficial. Conheço alguns obreiros que nunca leram a Bíblia toda sequer uma única vez. Mas, vamos ao assunto da postagem. Vamos às respostas:

    1 - Bom, ele faz uma mistureba dos textos de Ex 20.5-6; Dt 24.16 e Ex 12.29. Ora, ele não observou que Ex 20 5-6 se refere ao caso de os descendentes perpetuarem na iniqüidade dos pais. Ele também não observou que a palavra "visito" em Ex 20.5 não significa que Deus "cobra" dos filhos o pecado cometido pelos pais. A palavra "visito" no hebraico é "paqad" que significa "inspecionar". Essa palavra é usada no VT no sentido de examinar algo antes de tomar uma decisão favorável ou desfavorável. Vemos um bom exemplo desse uso em Gn 40.13. Na maioria das vezes está claro que essa "visitação" ou "inspeção" provoca um resultado benéfico para o objeto dessa inspeção. Ou seja, Deus esta demonstrando misericórdia em Ex 20.5. Ele esta esperando alguém que quebre a hereditariedade da iniqüidade na família. (não estou defendendo a heresia da maldição hereditária... he he).
    Exemplos do que digo: Gn 50.24-25; Rt 1.6; 1 Sm 2.21; etc.

    Já sobre o caso do filho do Faraó, esse texto de Ex 20.5 não se aplica a ele, pois o texto da lei (Ex 20.5) foi escrito somente quando o povo já havia saído do Egito.

    2 - Sobre a criação da luz no dia 1º e no 4º - Ora, qualquer aluno do ensino fundamental já sabe que o Sol não é a única fonte de luz no universo. Se fosse, o argumento do nosso "amigo boca suja" seria válido. Sabemos que existem vários "Sóis" e, além disso, há ainda o que os cientistas chamam de "Luz Cósmica". Portanto, a manhã do 1º dia se refere a uma "manhã em todas as galáxias" e, a manhã do 4º dia se refere a uma manhã em nosso planeta.

    ResponderExcluir
  14. (Continuação)

    3 - Sobre Deus ter se "lembrado" de Noé - Bom, ele deve ter fugido da escola, pois demonstra não saber o que é uma figura de linguagem. Isso se trata de uma figura de linguagem usada na teologia e que chamamos de "antropomorfismo". É quando Deus usa expressões humanas a fim de poder se comunicar conosco. O verbo "zakar = lembrar" se refere a "prestar atenção" e não a "ser surpreendido por uma recordação". Esse amigo ateu se esqueceu de considerar que a Bíblia foi escrita originalmente em hebraico e não em português.

    4 - Sobre o arrependimento de Deus - Como no caso anterior, a palavra arrependimento não significa "sentir pesar por uma ação mal elaborada ou remorso" e sim que Deus muda seu modo de agir conosco de acordo com seus propósitos soberanos. Pode parecer uma resposta muito simplista, mas é assim mesmo. Vemos em Jr 18.7-10 um contundente lembrete de que, da perspectiva divina, o cumprimento da maior parte das profecias (com exceção das predições messiânicas) esta condicionado à reação positiva por parte dos homens. Em todos os casos o juízo, longe de ser absoluto, é condicional. Uma mudança na conduta humana provoca uma mudança no juízo divino.

    5 - Sobre o Nome de Deus a Moisés - Eita, nosso amiguinho boca suja não sabe a diferença entre Deus "dizer" seu nome a Abraão e dizer o "significado" de seu nome a Moisés??? Falar o nome é uma coisa e falar o significado desse nome é outra coisa bem diferente. Onde é que Deus disse o significado de seu nome a Adão, Abraão e Jacó??? Onde? Diga ai ateuzinho querido!

    Bom, eu poderia refutar o restante dos "argumentos rasos" de nosso coleguinha mas confesso que meu estômago esta se contorcendo devido o tão baixo nível lingüístico desse rapaz. Isso só prova sua ignorância e despreparo intelectual. Quem não possui bases sólidas sempre parte para as ofensas.

    Um abraço a todos os leitores desse blog tão bacana. A partir de agora serei um novo seguidor.

    Graça e paz.

    ResponderExcluir
  15. Pb.Wanderley:

    Suas colocações foram muito boas. Obrigado pela importante contribuição nesta questão. Acho que o caminho é esse mesmo, porque ao calarmos dá a entender que o cara tá certo mesmo.

    ResponderExcluir
  16. Calvino certa vez afirmou:
    um cão late quando vê seu dono sendo atacado, eu seria um covarde se visse a honra de Deus ser atacada e ficasse calado.

    é ordem bíblica mostrar-mos quão tolo são os impios, quão imbecis são em seus raciocinios... ( 2 cor 10.3-4).

    hoje mais do que nunca a abordagem evangelistica precisa adoar uma postura apologetica.

    sem. alexandre galvão

    como crentes temos a obrigação de destruirmos todos os sofismas que se levantam contra o conhecimento de Deus.
    o idiota do video não sabe nada de Biblia,ele faz interpretações equivocadas e blasfema... portanto não adianta citar a biblia para esse tolo, pois seu spressupostos negam a as Escrituras...

    antes devemos atacar suas falacias e mostrar quão imbecil são seus argumentos...

    ResponderExcluir
  17. Prezado Alexandre.

    Estás corretíssimo quando afirmas que temos que ter uma postura apologética. Contudo, chamar o camarada de "idiota", "imbecil", etc, não ajudará muito...rs. Ainda que os contra-argumentos não sirvam para ele (se é que é répobro quanto à fé) servirá para nossos leitores. Por exemplo, você não esclareceu nenhuma contradição do ateu. Ou seja, quem assistir ao vídeo e ler esses comentários chegará a que conclusão? Os crentes não têm o que dizer? Não conseguem responder a tão contundentes e claras provas das gritantes contradições bíblicas? Se ele está errado, "acabe" com os argumentos dele. Aliás, você seria uma das pessoas indicadas pra fazer isso.

    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  18. Olá Fábio!
    o grande problema do (reitero) tolo, idiota , imbecil Sl 14. 1, não é necessidade de alguma explicação das aparentes contradições que ele diz ter descoberto nas Escrituras, o problema deste individuo é moral, ele sempre fará malabarismos para não submerter-se ao claro ensino das Escrituras sagrada. o tolo não deve ser respondido segundo sua tolice, antes, a sua tolice deve ser evidenciada através de um ataque sistematico aos seus pressupostos, que funsamentam sua cosmovisão.
    o Tolo em questão, facilmente seria envergonhado em um debate com um apologeta reformado pressuposicional...
    Um abração!
    Pb Alexandre GAlvão

    ResponderExcluir
  19. Ateu pode falar de Deus, Papai noel, gnomos e qualquer outra coisa inventada.
    Se ATEU é ter fé CARECA é cor de cabelo.

    ResponderExcluir
  20. Ateu é tão religião quanto careca é cor de cabelo.

    ResponderExcluir
  21. Se se considerarem ou se levarem em conta certos ou determinados enfoques "doutrinários" aparentemente cristãos, pouca ou nenhuma diferença haverá entre os que assim agem e o adepto do ateísmo.

    ResponderExcluir

Divulgue meu Blog no seu Blog