sábado, 2 de outubro de 2010

PENA DE MORTE: EDMAR TEM A CORAGEM, EU TENHO O VOTO

Tomas de Aquino, em sua Suma teológica, expõe com simplicidade seu argumento em defesa da Pena Capital:

"Se fosse necessário para a saúde de todo o corpo humano a amputação de algum membro, por exemplo, se a parte está apodrecida e pode infeccionar as demais partes, tal amputação seria louvável e salutar...

Pois bem, cada pessoa singular se compara a toda a comunidade como a parte para o todo...

Portanto, se um homem é perigoso para a sociedade, louvável e salutar, para a conservação do bem comum, pôr à morte aquele que se tornar perigoso para a comunidade e causa de perdição para ela" (Suma Teológica, Questão LXIV, Art.11).

Evidentemente que os argumentos pró pena capital são muitíssimo mais numerosos, abrangentes e profundos. Contudo, a maior parte das pessoas se dizem contrárias à essa pena, muito embora nossa pesquisa registre cerca de 60% do total de votos favoráveis à pena de morte para assassinos incorrigiveis.

Ainda que as motivações sejam diferentes, votarei no único candidato a Deputado Federal - EDMAR DE OLIVEIRA 3131 - que levanta a bandeira de punições mais severas para aqueles que ameaçam a sociedade. Não estou pedindo votos para ele. Estou apenas tornando publico meu voto para Deputado Federal. Pense, analise e escolha, por você mesmo, seus candidatos. Não aceite que ninguém seja tutor do seu voto. Conheça as propostas de Edmar:

http://www.penademorte3131.com.br/


Para saber mais sobre PENA DE MORTE clique no link abaixo e veja um dos mais completos estudos teológicos sobre o assunto, em três partes:

http://www.solanoportela.net/na_integra/pena_capital.htm

10 comentários:

  1. Meu caro filósofo Fábio, mesmo que você diga que não está pedido voto para esse candidato supracitado, e sim tornando público o seu voto, desculpe-me dizer, mais isso não deixa de ser um procedimento errado. Como bem sabemos o voto deve ser secreto. Faça só o que tem que fazer, ou seja, só vote. Blz? Abç.

    ResponderExcluir
  2. Aqui estou eu, de novo, meu caro Fábio, para te dizer que ser a favor da pena de morte baseado em uma Suma Teológica de Tomás de Aquino, soa bem para um filósofo, mas para alguém que nasceu de novo, comprado por um alto preço e agora Cristo vive em você, no mínimo eu esperaria uma base bíblica para tal decisão. O que Jesus faria?
    Um abraço fraternal!

    ResponderExcluir
  3. Onde assino???

    Fábio, não tinha candidato a Federal até ver sua postagem. Me lembrei dele e guardei para votar.

    Pena de morte no Brasil Já!

    ResponderExcluir
  4. Sinto muito por Heitor e por Fábio. Puxaram uma discussão sobre a pena de morte, mas não prestaram atenção em nada além dos próprios argumentos. Sem entrar no mérito sobre a validade da pena de morte, tecnicamente falando, vocês perderam o voto. Graças a Deus. kkkkk. Primeiro, porque o elemento escolhido por Fábio é muito mais deletério do que qualquer Tiririca que possa surgir nesse país. Segundo, porque a discussão sobre a pena de morte no país não pode ocorrer porque é interditada pela própria constituição do Brasil. Bem, há algo relativamente mais grave, porque no caso, uma discussão sobre a pena de morte só sob um golpe de estado, de direita ou de esquerda. Como vocês defendem um regime meio 'talibã', só que por meia dúzia de evangélicos (kkkkkk), espero que não estejam em nenhuma célula secreta terrorista pronta para tentar um golpe de estado fundamentalista-evangélico. kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Caríssimo Gersino:

    Sua presença aqui sempre ilustra nosso debate. Entendo perfeitamente sua preocupação. Também já fui radicalmente contra a pena de morte. O que mudou? Estudei seriamente e sem preconceitos o assunto à luz das Escrituras Sagradas. Você pergunta: "o que Jesus faria"? O que faria não! O que fez; o que disse. Em vários momentos Jesus abonou a pena capital e o poder de espada do Estado. Lembra-se quando estava sendo interrogado por Pilatos? Lembra do que Pilatos lhe disse? "Acaso não sabes que tenho poder para te matar ou deixar viver"? E a resposta de Cristo? Teria sido: "não, você não tem esse poder! Só Deus pode matar"? Não, claro que não. Ele disse: "nenhum poder terias se do céu não te fosse dado". Note: Jesus reconhece o poder de espada do Estado. Mas isso, caro Gersino, é apenas um breve exemplo. Claro que, como Filósofo Calvinista, não poderia me basear na suma de Aquino. Não sei se percebeu, mas deixei um link para um excelente estudo bíblico sobre o tema, de um bom teólogo presbiteriano - Pb.Solano Portela. Recomendo que acesse, leia e estude o tema. Certamente sua opinião, assim como a minha, mudará radicalmente. Permita-me fazer uma contundente afirmação sobre você, aqui: "Tenho a mais absoluta certaza que o irmão jamais fez um estudo aprofundado das Escrituras Sagradas sobre o tema Pena de Morte". Estou errado?

    Grande Cláudio:

    Seu comentário é tão ingênuo quanto pode ser...rs. Parece que isso está se tornando uma marca dos PTistas radicais, que é o que vc é..rs. "Nunca na história desse pais houve governo e partido mais corrupto"...kkkk. Só vocês não enxergam...rs. Cláudio, claro que "com a atual constituição" a proposta da pena de morte nem pode ser discutida. Mas, lembra aí: quantas constituições já tivemos? Acaso essa atual é tão perfeita que tem que ser a última? Claro que não. A idéia é propor uma nova Assembléia Constituinte (e não um golpe talibã, pois isso tem mais a ver com os radicais do PT, como vc..rs...kkk, que estão acostumado a estreitos relacionamentos com esse tpo de Guerrilha...rs...kk...ou também vai negar que Dilma não era um deles?..rs..kk) para, só então, incorporar a cláusula da Pena de Morte. Claro que é muito difícil, mas as coisas só mudam assim mesmo, com homens (meio malucos..rs...mas corajosos como Edmar) preocupados mais com a sociedade que com os bandidos e com pessoas comprometidas, primeiramente, com os claros ensinos da palavra de Deus.

    Heitor:

    Pelo menos dois votos Edmar terá..rs...Valeu!

    História e Debate:

    O voto é secreto, contudo isso não é uma obrigação, é, antes, um direito para proteger o eleitor. Portanto, tornar publico o voto não é crime, nem erro, nem pecado, nem propaganda. E, sim, apenas a abdicação de um Direito cosntitucional.

    Abraço a todos!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo blog!

    Quero aproveitar para divulgar o blog [ Idéias Protestantes ]. Um blog pessoal com a idéia de não apenas denunciar o erro e ser contra a subcultura evangélica e todo ensino e prática contrária as doutrinas cristãs, mas, sobretudo, promover o redescobrimento da verdade e da beleza do Cristianismo.

    Ou seja, escrever e reunir textos que sejam fidedignos ao ensino da Palavra de Deus, desafiando os crentes a viverem uma espiritualidade sadia, sem misticismos nem barganhas com Deus, num esforço de encontrar pensamentos bíblicos num mundo onde a verdade tem se tornado um tabloíde e de aceitação tão cega; sempre numa perspectiva da fé cristã histórica e reformada.

    Faça-nos uma visita e nos dê aquela "forcinha" em seu blogroll:

    http://ideiasprotestantes.blogspot.com

    Um forte abraço.
    Marcos Sampaio

    ResponderExcluir
  7. A pena de morte é clausula pétrea e não pode ser mudada. Caso esse cara chegasse no congresso ele não teria oportunidade pra propor uma lei sobre isso pois se por algum motivo fosse aprovada o judiciário barraria tal lei. Já vi cristãos honrados como CS Lewis defenderem a pena de morte mas sinceramente não acho que isso vá diminuir os crimes. Mas gostaria que me tirassem uma dúvida: por que Deus não propôs a pena de morte para Caim, antes colocou sobre ele uma marca para que ninguem o matasse?

    ResponderExcluir
  8. Prezado anônimo:

    Tens toda razão. Na atual conjuntura, a pena de morte não pode ser implantada no Brasil por conta das cláusulas pétreas de nossa ATUAL constituição. Digo atual para lembrar-lhe que não foi a primeira e que não tem que ser, necessariamente, a última. A proposta do candidato Edmar é coerente. A idéia seria propor uma nova assembléia constituinte e, na nova constituição, incluir a pena de morte. Essa é a única possibilidade.

    Quanto a não aplicação da pena de morte a Caim, vc levantou uma questão muito interessante. Abaixo segue uma boa explicação para este fato. Obrigado pela visita e, caso queira, na próxima identifeque-se assinando seu nome ao final do comentário. Tudo de bom. Veja a explicação para a não aplicação da pena de morte a Caim:

    GÊNESIS 4:12-13 – Por que Caim não sofreu a pena capital (de morte) pelo assassinato que cometeu?
    PROBLEMA: No AT, os assassinos recebiam a pena capital pelo seu crime (Gn 9:6; Êx 21:12). Contudo, Caim não somente saiu livre, depois de matar seu irmão, como também foi protegido de qualquer vingança (Gn4:15).
    SOLUÇÃO: Há várias razões pelas quais Caim não foi executado pelo seu crime capital. Primeiro, Deus não havia ainda estabelecido a pena de morte como instrumento do governo humano (cf. Rm 13:1-4). Somente depois de a violência ter enchido toda a terra, nos dias anteriores ao dilúvio, foi que Deus determinou: “Se alguém derramar o sangue do homem, pelo homem se derramará o seu; porque Deus fez o homem segundo a sua imagem” (Gn 9:6).
    Segundo, quem seria o executor de Caim? Ele acabara de matar Abel. A essa altura, apenas Adão e Eva tinham restado. Certamente Deus não iria apelar aos pais para que matassem o filho remanescente. Em face disso, Deus, que é soberano sobre a vida e a morte, como somente ele é (Dt 32:39), pessoalmente comutou a pena de morte de Caim. Entretanto, ao agir assim, Deus demonstrou a gravidade do pecado de Caim e deu-nos a entender que ele era digno de morte, ao declarar: “A voz do sangue de teu irmão clama [por vingança] da terra a mim” (v. 10). Não obstante, até mesmo Caim parece ter reconhecido que ele era merecedor da morte, e pediu proteção a Deus (v. 14).
    Finalmente, a promessa de Deus para proteger Caim da vingança incluía a pena capital para quem quer que tomasse a vida dele (cf. v. 15). Dessa forma, o caso de Caim é uma exceção que prova a regra, e que de forma alguma vai de encontro à pena de morte, tal como estabelecida por Deus (veja os comentários de João 8:3-11).

    Fonte: http://www.rubensgoulart.com/site/category/duvidas-biblicas/

    ResponderExcluir
  9. Tenho medo da pena de morte no Brasil, por nossa justiça ser tão frágil e convenientemente manipulada. Séria como aprovar e autorizar os grupos de matadores sangrentos a continuarem fazendo o seu serviço.

    ResponderExcluir
  10. Jesus era bondade em pessoa e em atos....Não podemos ter a mesma confiança nos cavalos que foram deixados aqui... Nossa humanidade está repleta de defeitos e maldades.

    ResponderExcluir

Divulgue meu Blog no seu Blog