quarta-feira, 30 de novembro de 2016

BREVE REFLEXÃO SOBRE O CRISTÃO E A LINGUÁGEM TORPE

"Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem" (Ef 4:29).

Um cristão não deve e não pode desandar sua boca em palavrões; assim como, naturalmente, mesmo não sendo cristã, uma pessoa decente e educada tb não o faz. Cabe a cada um o dever de refrear sua própria língua, sob pena de uma desnecessária exposição do sobrenome de cristão, da igreja, do princípio escriturístico acima e do próprio Cristo.

Um comentário:

  1. Penso que o nobre pastor Fabio Correia deva pensar em como ser politicamente correto. Que achas?

    ResponderExcluir

Divulgue meu Blog no seu Blog