segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

MEU PASTOR VOTOU POR MIM. Crítica a crítica da crítica.

Vou relembrar uma cena que presenciei (infelizmente) no 1º turno das eleições 2010, quando trabalhei como mesário, conforme já postei aqui no blog: “Um rapaz com cara e roupa de crente (a grife gospel é auto-indicativa) adentrou na cabine de votação, demorou um pouco, pegou o celular e não teve dúvida: "pastor, é pra votar em quem "mermo"? Diga aí os número".

Não precisa nem falar o quanto fiquei indignado naquela hora. Imediatamente pedimos que o irmão desligasse o celular. Obviamente que ele não conseguiu votar. Não era capaz de votar sozinho! Na verdade, não era ele quem iria votar. Ele iria apenas digitar “mais” um voto do seu “pastor” na urna. Um “laranja”, de fato. Aliás, ficou claro que líderes religiosos, indiretamente, podem votar várias vezes. Quase não acreditei no grau de manipulação - ativa e passiva -, a que muitos crentes são submetidos e submetem.

O que passo a relatar agora, diferentemente do que foi dito acima, é um caso “fictício”. Fictício somente porque não sei o nome nem a quantidade dos atores desse “caso verdade”:

Olá! Sou crente e meu nome é Ovelha tapada da Silva. Nunca liguei muito pra essas “coisa” de política, não gosto de ler nem de assistir aquele negócio chato de “reportage”. Prefiro os “programa gospi” do canal 14, mas também gosto de “big brod”. Olhe irmão, pense numa dificuldade na hora de votar! E eu sabia em quem eu ia votar nada! Sabia nem “quem era os candidato”. Aí tive uma idéia: vou procurar na “internete” um pastor bem sabido pra ver em quem ele vai votar, aí voto no “mermo” candidato dele. Mas irmão, né que achei um bocado de dica de um bocado de pastor para votar no candidato certo!? Pense na “bença”. Vou citar apenas algumas porque vi muita coisa e não dá pra lembrar de tudo porque sou “meio fraco de mente”. Vê aí as “bronca”:

“Ferreira Gullar: Lula comprou os pobres do Brasil “.A permanência do PT no poder é uma ameaça à democracia brasileira”. “A FARSA DO PT FOI DESMONTADA! JOSÉ SERRA FOI REALMENTE ATINGIDO POR PETISTAS! PREPAREM-SE, BRASILEIROS, PARA A DITADURA PETISTA A SER IMPLANTADA!”. “The Economist recomenda voto em José Serra”. “Não mais me estenderei sobre os textos dos amigos. Acredito que já foi, para mim, o suficiente para perceber que vocês estão eivados de pressupostos contrários à fé reformada; em termos políticos, claro” (Oxi, “vô” votar em quem é contra a fé reformada nada. Esse pastor ai tá é certo. “Os outro candidato” é que são de Deus). “Dilmatrioska”. “Lula tanto fez e desdenhou que, assentada a poeira, será apenas o mesquinho da história”. “HÉLIO BICUDO, FUNDADOR DO PT, DIZ QUE VAI VOTAR EM SERRA”. “Governo Lula ameaça Igreja Católica por causa de oposição à candidata presidencial” (Sinceramente essa eu “num entendi” muito não: um pastor defendendo a igreja católica?). “Um padre católico muito conhecido que fez um programa na rede de televisão Canção Nova também deu uma recente homília em que ele denunciou o Partido dos Trabalhadores, que está no governo, como pró-aborto, pró-homossexualidade e marxista, e disse que ele jamais votaria neles ou realizaria um “casamento” homossexual” (tá vendo aí, no outro partido ninguém é a favor dessas coisas. Acho que não, porque se fosse esse pastor teria falado também. E outra coisa, que outro candidato promoveria esse”ecumenismo político-partidário”?). “DILMA É MUITO RELIGIOSA... NESTA ELEIÇÃO! - DEUS ou DEUSA? ELA É SOCIALISTA? E O ABORTO? DEVE HAVER DISCRIMINALIZAÇÃO?”. “PT, O PARTIDO DA MENTIRA!” (Vê aí agora o versículo que tava de lado da foto de Dilma): “Quando se multiplicam os justos, o povo se alegra, quando, porém, domina o perverso, o povo suspira. Provérbios 29.2” (fiquei pensando: qual o versículo seria de Serra? “Santo, santo, santo”?). “Dilma Vana Rousseff, candidata à presidência da República, que na clandestinidade se utilizou de vários nomes para fugir da polícia política brasileira, que mente sobre currículo, que mente sobre legalização do aborto...”. (Dilma ajudou até a arrombar um cofre de um tal de Adhemar; eu que num voto numa mulher dessa). “Se Dilma ganhar as Eleições, NÃO SERÁ ELA A GOVERNAR! Xô, petismo! O Brasil é dos BRASILEIROS!”.

Tinha mais lá, irmão, mas só separei essas. Depois de todas essas “informação” de um homem sabido danado, só se eu fosse doido em votar nessa mulher “bandida” e no PT, que é o partido de Satanás. Votei foi em Serra, homem de Deus.

Mas irmão, tenho que confessar uma coisa: depois que passou a eleição, aí vi um bocado de notícia que falava bem do PT. Tem um negócio de PROUNI; tinha uma dívida também que Lula pagou, fora um bocado de dinheiro que veio aqui pra Pernambuco. Ouvi dizer até que 36 milhões de brasileiros deixaram de ser miseráveis. Disseram um montão de coisa boa que o PT fez. Tem até um professor de história - inteligente que só ele – que fala muita coisa de boa que o PT fez. Tá certo que ele também é exagerado, mas sei não! Acho que pelo menos metade das “coisa” que ele diz tem sentido. Tô doidinho agora sem saber o que pensar. Me ajuda aí irmão!!!?:

O que você acha? Um líder religioso - seja padre ou pastor -, ou mesmo aqueles que são formadores de opinião, como os jornalistas, por exemplo, podem declarar seus votos publicamente e ainda por cima assumir, de forma apaixonada, seu “gosto” por um partido, ressaltando somente seus pontos positivos e, ao mesmo tempo, evidenciar apenas os pontos negativos daquele outro partido que ele não “gosta”? Tal postura não poderia influenciar seus seguidores, admiradores, leitores e até ovelhas? Até que ponto isso é salutar? Isso não tira daqueles que recebem sua influência o direito de pensar por si só? Não seria função desses formadores de opinião “apenas” demonstrarem, de forma imparcial, os pontos positivos e negativos de todos os candidatos ( no máximo)? Não seria mais adequado a um líder religioso recomendar que suas ovelhas procurem ler e acumular informações acerca dos candidatos, de sua história, propostas e depois votarem livremente, não aceitando a interferência de ninguém?

Dê sua opinião. Ajude o irmão Ovelha Tapada da Silva a votar na próxima eleição, porque nessa... já votaram por ele!

Observação: Aos leitores que não acompanharam os debates anteriores, saibam que esse texto é apenas uma forma de instigar a continuação da reflexão. Não existe por parte do editor desse blog nenhum desejo de ser desrespeitoso com o pastor citado (implicitamente) na ficção acima. Muitíssimo pelo contrário, todos sabem de minha admiração por ele e por sua mente brilhante. Que todos saibam também que existe entre nós um excelente relacionamento. Contudo, como ainda sou apenas um aprendiz (e aqui não vai nenhuma falsa modéstia), gosto de “cutucar onça com vara curta” (no melhor sentido elogioso da expressão), porque vejo nesses debates uma boa oportunidade de aprender. Como ele é homem versado nas letras e na filosofia, sabe da importância da crítica na busca da verdade. Eu critiquei sua postura política (porque em teologia o que ele disser eu assino embaixo), ele criticou a minha e a de Cláudio (rs...), estou rebatendo a crítica e assim sigo aprendendo, mesmo que isso me renda bons "cascudos".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgue meu Blog no seu Blog