segunda-feira, 25 de outubro de 2010

ENQUANTO LULA CRITICA PESQUISAS E PLANO REAL, DILMA RECONHECE GOVERNO DO PSDB


Quem era o ministro da Fazenda (economia) do Brasil em 1993 e 1994? Lembra? Isso é muito importante. Não lembrar desse período pode causar demência e anestesia cerebral Pteriana. Por não lembrar, muitos estão sendo enganados pelo engodo de que a estabilidade do Brasil é de responsabilidade do PT e do governo Lula. Não seremos idiotas a ponto de negarmos alguns avanços do governo Lula. Contudo, atribuir-lhe o crédito da estabilidade do país é um grave erro, uma covardia e uma grande injustiça.

Fernando Henrique Cardoso, do PSDB, era o ministro da fazenda (economia) do Brasil entre 1993 e 1994. Por que essa data é tão importe? Porque a partir desse momento o Brasil começa sua caminhada em direção à estabilidade política, econômica e social, com a implantação do PLANO REAL ( Claro que, em minha visão, os créditos dessa conquista começaram com Fernando collor de Melo; talvez o homem mais injustiçado pela história recente, porém, isso abordaremos em outra postagem).

"Esse plano de estabilização econômica foi idealizado por uma equipe de economistas agrupados por FHC, de que faziam parte Persio Arida, André Lara Resende, Gustavo Franco, Pedro Malan, Edmar Bacha, Clóvis Carvalho, Winston Fritsch, entre outros". http://pt.wikipedia.org/wiki/Fernando_Henrique_Cardoso.

Ainda em 1994 FHC se candidata à pesidência da república e é eleito EM PRIMEIRO TURNO (diferente de Dilma), democraticamente, pelo povo brasileiro. Sabe quem era seu oponente? Luis Inácio Lula da Silva. Isso mesmo, Lula já perdeu para o PSDB. E não uma mais duas vezes (1994 e 1998) e nas duas levou uma lapada logo no primeiro turno. Ora, se Lula (que é tão bom) já perdeu para o PSDB (duas vezes) isso significa, no mínimo, que o governo do PSDB não foi, não é, e não será tão trágico assim quanto os Ptistas querem fazer acreditar. A impressão que tenho é que querem nos fazer de idiotas a todo custo.

Não é justo fazer o que estão fazendo: iludir o povo para que ele acredite que Lula sempre foi "o bom" e o governo do PSDB "nunca prestou". Parece óbvio que, se Lula perdeu para "um péssimo governo", pior que péssimo ele é. O governo do PSDB foi tão bom (ou melhor, devido às circustâncias encontrata naquela ocasião) quanto o de Lula. Tanto é assim que teve, por dois mandatos, igualmente a Lula, a aprovação dos brasileiros.

O PT, Lula e Dilma agora aplaudem a estabilidade do Brasil, além de tentar roubar os créditos dessa estabilidade. O que muita gente não sabe é que, inicialmente, Lula e o PT se posicionaram fortemente contra o PLANO REAL.

Veja você mesmo no vídeo abaixo como, claramente, o PT e Lula se posicionaram contra o plano que estabilizou o Brasil. Até torciam para não dar certo. Observe também como Dilma, que agora nega, reconhece os créditos do governo do PSDB:

video

Ps: Sou um eleitor ainda indeciso e a culpa não é minha!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgue meu Blog no seu Blog