terça-feira, 13 de abril de 2010

A INDULGÊNCIA ELETRÔNICA DE MALAFAIA E MURDOCK

O Papa Leão X precisando de dinheiro para construir a Basílica de S. Pedro, em Roma, em meados do século XVI (De onde é celebrada, até hoje, a missa do galo), inventou a famigerada INDULGÊNCIA, que nada mais era do que a VENDA DO PERDÃO E DA SALVAÇÃO DA ALMA.

Rui Barbosa, no prefácio do livro “O Papa e o concilio”, referindo-se à venda de indulgências, chega a dizer que não se respeitava nem mesmo os pontos mais melindrosos da Fé. Veja sua afirmação surpreendente sobre o que os arrecadadores da "oferta voluntária", digo, indulgência, diziam:

“É só jogar o dinheiro na caixa que, no mesmo instante, as almas que estão no purgatório escapam, e que todos deveriam comprar o perdão da alma de seus entes queridos, e ainda que tivessem uma só veste, deveriam despi-la, logo e já, para comprar benefícios tamanhos”.

A história está se repetindo.

Em 31/10/09, publiquei um artigo cujo o título foi: “O lado negativo da Reforma Protestante”. Nesse artigo fiz a seguinte afirmação, que muita gente não gostou:

“[...] o Pentecostalismo [...] é o mais grave passo de retorno ao Romanismo” (pré-reforma, inclusive).

http://filosofiacalvinista.blogspot.com/2009/10/o-lado-negativo-da-reforma-protestante.html

Obviamente que não me refiro a nenhuma igreja especificamente, mas ao “cerne” do Pentecostalismo “em si”, qualquer que seja a ramificação.

Assista aos dois vídeos abaixo que vai entender exatamente o que afirmei no artigo. Está tudo mais que comprovado.

No primeiro vídeo é dito o seguinte, por volta de 4:40 min da duração do vídeo:

“E quando mais rápido a semente entrar no solo uma colheita começa a crescer” (essa afirmação é uma referência a uma oferta de R$ 1.000,00). Veja você mesmo:

Compare com o que disse Rui Barbosa acerca da venda de indulgência, pela Igreja Católica Romana pré-reforma, que reproduzimos no início desse post (grifado em vermelho). Note que a essência da afirmação é exatamente a mesma.

No segundo vídeo (trata-se de um momento único que foi subdivido. Isso fica claro pelas vestimentas dos participantes do novo modelo de indulgência), por volta de 7:17 min, Malafaia explica o que significa essa “colheita que começa a crescer”. Diz ele:

“Salvação para membros da família"
(é uma referência a um dos benefícios adquiridos por quem pagar a indulgência, ou melhor, a "oferta voluntária" de R$ 1.000,00). Se não acredita veja você mesmo:

Percebam que essa oferta “voluntária” de R$ 1.000,00 nada mais é que uma retomada da VENDA DE INDULGÊNCIA do Papa Leão X. A única diferença é a tecnologia. A INDULGÊNCIA ELETRÔNICA pode ser divida em até 6 vezes no boleto bancário ou, pasmem, no cartão de crédito; ou seja, você pode comprar a “salvação” para seus familiares sem sair de casa; tudo pela internet pela pequena bagatela de apenas R$ 1.000,00. "Fazemos de tudo para que você não tenha desculpas", sentencia Malafaia. É só acessar http://www.vitoriaemcristo.org/ ou ainda ligar para a central telefônica com capacidade para atender 10.000 ligações simultâneas. É mole?
Pois é meus caros, no mundo "Gospi", como diz Genizah, nada se cria, tudo se copia.
Nem eu nem você conhecemos o Malafaia pessoalmente, certo? Não seria injusto julgá-lo (muito embora ele esteja dando motivos de sobra)? Bom, para não ficar com esse "peso na consciência" (de falar desse "grande homem"), postei abaixo um vídeo de alguem que o conhece muitíssimo bem e pode falar como quem "conhece os bastidores dessas ofertas voluntárias". É verdade que ele também não é nenhuma "flor que se cheire" (na questão disciplinar, apenas), mas uma coisa é certa: ele não está acoloiado com esse pessoal e tem denunciado fortemente essa situação de "apostasia" do evangelho simples e genuíno. Veja, surpreenda-se e comente:

21 comentários:

  1. Graça e paz Fábio.
    Concordo com você no que diz respeito a essa roubalheira em nome de Deus. Concordo também que o meio pentecostal tem sido um campo fértil para que essa doença chamada evangelho da prosperidade desenvolva de forma arrasadora, mas assim como o Senhor preservou sete mil que não beijaram a baal, assim também nos dias de hoje, o Senhor tem preservado pentecostais e renovados que não estão se curvando a essa demência. Estou falando isso por conhecimento, pois eu tenho amigos da Assembléia de Deus que estão revoltados com essa atitude do Malafaia. Observe alguns blogs que você verá. Tem o blog do Pr. Altair Germano, do Pr. Leonardo Gonçalves (Púlpito Cristão), Pr. Carlos Roberto (Point Rhema), Pr. Robson Aguiar, Pr. Geremias do Couto, Pr. Ciro Ziborde e muitos outros que são assembleianos e são homens sérios. Eu, por exemplo, sou batista renovado, creio nos dons para os dias de hoje, sou calvinista e nem por isso me vendo a esse tipo de patologia. Mas, como falei no início, infelizmente foi dentro do meio pentecostal que essa patologia encontrou alguns, para não falar muitos, adeptos.
    Que o Senhor nos ajude e nos guarde.
    Fique na Paz!
    Pr. Silas

    ResponderExcluir
  2. Fábio, você pra variar, cutuca sem pena a ferida. rsrs. Está excelente. Acho muita condescendência chamar muitos que estão aí de 'evangélicos' ou 'pastores'. Se a condescendência deve ser dada por causa de 'um grupo que resta', então vamos chamar os católicos também de irmãos porque certamente há por lá também grupos que não concordam com tudo que o bispo de Roma diz.

    Vamos agora a outro assunto, que não estou com tempo para desenvolver completamente agora, mas quero iniciar. As indulgências são bem anteriores a Leão X, que deu sequencia ao 'trabalho' de Júlio II de promover a arrecadação de dinheiro necessário para as guerras que a igreja travava naquele momento contra/a favor dos franceses e espanhóis. Estou procurando uma bibliografia para referência. Um ótimo filme que trata do tema é "Agonia e Êxtase", que trata da tensa relação entre Michelângelo e Julio II (o papa guerreiro) durante o contrato para pintar o teto da Capela Sistina. Extraordinário. Quanto às indulgências, vai o link do próprio Vaticano, onde podemos ler o que a igreja romana diz sobre:
    http://www.vatican.va/roman_curia/tribunals/apost_penit/documents/rc_trib_appen_pro_20000129_indulgence_po.html
    Atenção para o ítem 9, ao final do texto. rsrs [segurem a carteira quando estiverem lendo, nunca se sabe... rsrs]

    ResponderExcluir
  3. Oi Fábio. O texto do vaticano sobre a indulgência mostra que ela é mais complexa do que aprendemos na escola. Percebe de novo porque eu critiquei outro dia o reducionismo e a 'história didática'? A indulgência é decorrente da idéia do papa como 'vigário de Cristo', representante de Cristo na Terra, sucessor de Pedro e SACERDOTE, papel no qual 'o que ligar na terra será ligado nos céus e o que desligar, será também desligado nos céus'. Tema que se relaciona também com o tomismo de Tomás de Aquino e o seu livre-arbítrio. Ou seja, eu preciso 'fazer algo' para que o 'sacerdote' me indulgencie. Nas 95 teses, a salvação pela Graça atacava tudo no pacote. Bem, apesar de heresia, é bem construída, diria mesmo que profundamente inteligente (até Aquino entra no meio). Ocorre que os mercadores da fé no presente além de tudo ainda são melancolicamente burros, estúpidos.

    ResponderExcluir
  4. Pastor Silas:

    Dá pra ser Calvinista e Renovado ao mesmo tempo?..rs...fiquei curioso. O senhor não entra em crise, de vez enquando?...rs?

    Claudio:

    ...melancolicamente burros?..rs...kkk e eu que pego pesado?..rs..

    Realmente, na ICAR, a indulgência, como vc bem frisou, é uma construção lógica e inteligente, porém completamente distanciada das Escrituras.

    ResponderExcluir
  5. Graça e paz Fábio.
    Se eu entro em crise? Claro que não, pelo contrário, apesar de ser renovado eu não sou do reteté como se diz por aí. Dentre as muitas igrejas renovadas a minha talvez seja a mais tradicional. Por exemplo, o Leonardo do Púlpito Cristão é calvinista e assembleiano. O problema que temos visto por aí é uma distorção do que é a verdadeira renovação, não essa aberração que temos visto por aí.
    Em nossa igreja não fazemos barganha com dinheiro para se receber bênção, mas pastoreamos uma igreja próspera, não somos ricos, mas o Senhor em tudo tem suprido as nossas necessidades.
    Fique na Paz!
    Pr. Silas, sem crise e renovado (rs).

    ResponderExcluir
  6. As megas igrejas é um sinal claro do comércio que virou o "evangelho" para alguns,por outro lado infelizmente temos assistido esse exploradores da fé lançar suas redes, enquanto nós (na maioria das vezes) perdemos precioso tempo em questões e debates interminaveis em nossas igrejas dita como conhecedoras da VERDADE, não traduz na prática esse combate as falsas doutrina atravez do anuncio do VERDADEIRO EVANGELHO as almas perdidas, e deixamos toda essa imensidão de pessoas a mercê de ouvirem um "evangelho" adulterado, ate´quanto? levaremos esse orgulho como bandeira e partiremos em busca do maior número possivel de almas como fez o apostolo PAULO. Lembrem-se a INDULGENCIA teve um tamanho sucesso não apenas pelo poder da Igreja católica,mas pela cergueira e necessidade espiritual do povo, o mesmo ocorre hoje, precisamos sair as ruas e proclamar o EVANGELHO DA GRAÇA DE CRISTO, e deixar de tentar mostrar apenas com inquietações locais que não levam a nada a não ser demonstração de saber!!

    ResponderExcluir
  7. Vamos fazer um desafio as IGREJAS HISTÓRICAS,REFORMADAS, que tal sair por todo mundo e anunciar o EVANGELHO, ENSINANDO A GUARDAR TODAS AS COISAS QUE JESUS TEM ENSINADO? JONAS CARVALHO. assino também o texto acima.

    ResponderExcluir
  8. Luis Carlos IG.Reformada de Maragogi24 de abril de 2010 23:36

    Caro Jonas,não consigo entender o que tu falas,tu es reformado ou renovado?Pois estais como a igreja de Laudecea a ponto de vomitar-te,pois a doutrina reformada e a mais bela de todas,tu pertecem a qual denominação,pois estais parecendo um desequilibrado caso pertença a uma igreja reformada,estarei orando por voce e aguardando uma resposta.

    ResponderExcluir
  9. Luis Carlos Ig. Reformada em Maragogi26 de abril de 2010 17:59

    caro Jonas aguardo sua resposta,pois esstou muito preocupado com voce,pois creio que ainda não desidiste o que tu es reformado ou não cristão,pois Jesus nunca foi de ficar em cima do muro e muito menos os grandes reformadores que deram suas vidas pelo puro evangelho,pois e isto que nós pregamos,pois tem algumas igreja que se dizem reformada e são abortos,tenha certeza que não so eu mais a minha denominação estaremos orando por voce para que Deus tire as escamas do teus olhos como tirou a do apostolo Paulo.

    ResponderExcluir
  10. Carissimo irmão Luis Carlos (se é que vc me considera irmão, pois vejo que vc esta´acima do 3º céu)GOSTARIA DE AGRADECER POR SUAS ORAÇÕES MAS VEJO QUE O IRMÃO SÓ ORA POR CRENTES DE SUA DENOMINAÇÃO,ESPERO QUE TENHA COMPRADO UM CÉU PARTICULAR,POIS ATÉ ONDE CONHEÇO AS ESCRITURAS,O CÉU NÃO É SÓ DOS REFORMADOS, A PRÓPOSITO SOU PRESBITERIANO E AMO A DOUTRINA REFORMADA,MAS NÃO CONSIGO VER EM ALGUNS DENOMINADOS REFORMADOS O AMOR AS ALMAS PERDIDAS, A EVANGELIZAÇÃO, A DIVULGAÇÃO PALAVRA E ISTO FICA MUITO CLARO EM SUAS PALAVRAS PREPOTENTES APESAR DE VC SE ACHAR UMA PESSOA EQUILIBRADA, não sei por que os reformados de hoje têm essa característica? bem diferente dos reformados historicos que eram humildes e se preocupavam com as almas,já os de hoje preferem uma boa sala de debate, a proposito meu caro irmão, quantos municipios tem em seu estado? e quantas igrejas tem sua denominação em seu estado? Como bem comentou o pr. Augustus Nicodemos em seu LIVRO Paulo plantador de Igrejas PAULO foi o maior teologo,mais o maior evangelista ,se o querido irmão entende por ser renovado ou reformado anunciar as boas novas da graça de CRISTO eu sou o que irmão em todo seu equilibrio quiser.
    Quanto ao texto citado pelo irmão, estou tranquilo porque sei que o irmão não é JESUS para vomitar ninguem, a minha preocupação é que meu nome é Jonas e possa ser que o irmão pareça um grande peixe e queira vomitar-me rs...
    Por conhecermos a eleição, o chamado devemos procurar levar o evangelho as almas pedidas e o caro irmão tenho certeza que não está preocupado comigo, muito menos sua denominação a sua preocupação é,foi e sempre será por um bom debate teologico e o que o irmão deseja para mim, eu desejo em dobro, a proposito o texto de apocalipse aproveite e dê uma lida no verso 17 do cap. "pois dizes:Estou rico e abastardo e não preciso de coisa alguma,e nem sabes que tu és infeliz,sim,miseravel,pobre, cego e nu. Qualquer semelhança NÃO É MERA COINCIDENCIA. Para encerrar aguardo a resposta do numeros de igrejas de sua denominação em seu estado, um abraço!JONAS CARVALHO

    ResponderExcluir
  11. Irmão querido Jonas, não perca seu precioso tempo debatendo com pessoas que sabem demais como o irmão Luiz Carlos e que tem o maior prazer em substimar a inteligência dos outros. Ana patrícia de Lima Correia.

    ResponderExcluir
  12. Luis Carlos Ig. Reformada em Maragogi27 de abril de 2010 23:18

    Caro Jonas,pois e assim que tu queres ser chamado,pois observo que voce nao aceita os reformados como irmão,pois nós da igreja reformada consideramos os presbiterianos como irmãos em Cristo.e não entendo como tambem tu queres numeros de igrejas reformada,temos sim poucas igrejas muito diverente da presbiteriana,mais estamos sim lutando para emplantar mais igrejas,pois o grande problema e este que vivemos em um pais neopentecostais e de igrejas co-irmãs que desmoraliza o evangelho,chamei o caro de desequilibrado pois voce não se posiciono se era reformado ou renovado,pois agora sabembo que tu es da presbiteriana um igreja que presa pelos simbolos reformados,foi que eu tive acerteza que voce deve ter sim o desequilibril,pois tu estas mim confrotando sem motivo,pois ser reformado e ser ou não ser.Pois não sou perfeito maisprocuro ser.E não entendo tambem esta irmã Ana Patricia.

    ResponderExcluir
  13. Olá querido irmão Luis Carlos , mais uma vez o irmão mostra estar equivocado, pois quem está afirmando que não aceito ser reformado é o irmão e isso mostra toda sua capacidade de julgar,não coloquei meu comentário para provar ser reformado ou não ,os irmãos que me conhecem sabem(que não é o caso do irmão) da minha postura, agora nos presbiterianos consideranmos os irmãos da IGREJA REOFRMADA,SIM COMO e nunca emitimos opinião,julgameto e principalmente nenhum documeto contra sua denominação, diferente da IGREJA REFORMADA que já emitiu documento oficial sobre os presbiteianos e o grau de fidelidade as ESCIRTURAS, sem falar de pastores reforrmados que postam em blogs comentários chamando a IGREJA PRESBITERIANA de infiel(caso do Pr. ADRIANO GAMA) o qual temos maior estima, e seu o querido irmão observar me referi ao fato de fazer um desafio as igrejas históricas de sair para anunciar o VERDADEIRO EVANGELHO, O irmão esquece que somos igrejas historicas,pois o fermento de igrejas aproveitadoras são lançados todos os dias e nós por muitas para não falar na maioria das vezes ficamos em nossos debates sem fim, outra questão o que o irmão quis dizer com igrejas que se dizem reformadas e são verdadeiros abortos e agora irejas co-irmãs estão desmoralizam o eavngelho, oelo comentario do irmão só resta a Igreja Reformada de fiel. Penso querido irmão que devemos combater as heresias,mas não posso pensar que o céu é so para minha denominação,tem muita gente crente levando Jesus crucificado,e como disse o apostolo Paulo porque não pregamos a nós mesmo mas a CRISTO CRUCIFICADO. Para finalizar afirmo amo a dourina reformada mas não consigo ver em muitos dos que se dizem reformados o que por exemplo JOHN KNOR mostrou pela Escócia, a mentalidade de CALVINO que tinha a ideia de construir uma igreja com uma escola ao lado,sinceramente irmão LUIS CARLOS as suas palavras mais uma vez de arrogancia em entender que há um desequilibrio em mim mostra que os reforamados de hoje(não todos) não admitem que uma opinião contaria e encerro com as palavras de um pastor reformados citada no livro fazendo a igreja crescer "somos ovelhas gordas(fartas)porem estéril" Por ser reformado devo empregar todo esforço para o anuncio do evangelho.JONAS CARVALHO

    ResponderExcluir
  14. Olá, Fábio. Obrigado pela visita e comentário no bloguinho profgaspardesouza.blogspot.com. Seus comentários são sempre bem-vindo.

    Agora, aí em cima tá pegando fogo, né? Reformado, renovado, pentecostais, neo-pentecostais. Eu, hein! A "culpa" do rebuliço é do teu texto....rsss(isto é uma ironia). Os reformados (hein?) gostam; os pentecostais(hã) admiram; os neo-pentecostais(hããã) odeiam. E nenhum pergunta: "é assim mesmo?" Assim é difícil de tentar achar um equilíbrio, não é?

    Parabéns, mano.

    PS: tá tudo certo para o I Fórum de Debates sobre Crescimento da IPB? Já tá no boletim e avisado. Vamos ver se a gente divulga ainda mais esta semana, ok?

    ResponderExcluir
  15. Luis Carlos, Anônimo, Jonas... Aff!!! Me lembrei da Torre de Babel. O "português" dos caras é tão ruim que parece estarem falando em línguas estranhas. Sinto vontade de mandar todos pra escola de d. Maroquinha. Imaginem as pregações desses "renovados e reformados", vomitando do alto de seus púlpitos semelhantes asneiras e com esse linguajar esdrúxulo... Deve ser um horror!!!! Não sei se devo rir ou se devo chorar. Se esse blog fosse meu, passava-lhes a borracha!

    ResponderExcluir
  16. Agora, falando do famigerado Malafaia, não entendo porque os homens sérios da Assembleia de Deus ainda o toleram. Na minha modesta opinião (e põe modesta nisso!), O Silas Malafaia, o Edi Macedo, o RR Soares e o "apóstolo" da Mundial (felizmente esqueci o nome dele), só pra citar alguns, fazem parte do M.E.R.D.A (Movimento de Exploração Religiosa sem Data para Acabar), contra os quais e suas respectivas atividades pseudoreligiosas urge fazer uma nova reforma.

    ResponderExcluir
  17. JONAS CARVALHO
    Carissimo seu português é de alto nível que não lhe permite escrever seu próprio nome ou sua covardia não deixa?aA APROVEITE E FALE COM D.MAROQUINHA PARA LHE ENSINAR SEU NOME.UM abraço para vc para D.Maroquinha,já que ele deve ter sido a sua primeira professora.

    ResponderExcluir
  18. O bicho tá pegando!! por dinheiro a galera faz de tudo, até usa o nome de Jesus Cristo!! QUEM TEM OUVIDOS OUÇA O QUE O ESPÍRITO DIZ AS IGREJAS!!

    ResponderExcluir
  19. É muito triste que cheguemos a esses dias, em a palavra de DEUS está sendo totalmente banalizada por dinheiro.
    Realmente muito desolador.Vamos ler a palavra de DEUS e orarmos para que DEUS nos guarde!!!

    ResponderExcluir
  20. Se erramos a culpa é nossa que acreditamos de todo coração nesses pregadores, quando a palavra de DEUS diz que erramos porque não lemos as escreturas.
    Que DEUS nos guarde!!!!

    ResponderExcluir
  21. Mirian:

    Agradecemos seu comentário. Estás certíssima. é lamentável que isso esteja acontecendo. Publiquei essa postagem em 10/04/2010 e ainda estava esperançoso que Malafaia iria mudar. Porém, hoje mesmo 09/06/2011, ou seja mais de um ano depois, o ouvi pedindo "uma oferta VOLUNTÁRIA de R$ 1.000,00.

    Quero convidá-la a ler também nossa postagem "NÃO CONTRIBUA COM PROGRAMAS DE TV", em:

    http://filosofiacalvinista.blogspot.com/2011/02/nao-contribua-com-programas-de-tv-ou.html

    Antes da sair, por favor clique no letreiro acima e imprima seu boleto para ajudar esse blog. É uma oferta de R% 6.000,00 e um dia, talvez, quem sabe, você ficará rica.

    CAAALLLLLMMA.......rs...é apenas uma brincadeira....rs.

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir

Divulgue meu Blog no seu Blog